Doing business in Spain? Interempresas Media is the key
Durante o evento, a empresa apresentou algumas novidades como o gateway CPX-IOT e a BionicSoftHand

Festo apresenta as suas soluções para a transformação digital da Indústria 4.0

22/01/2020

A Festo realizou, nos dias 3 e 4 de dezembro, nas suas instalações em Hospitalet de Llobregat (Barcelona), a 18ª Conferência de Imprensa Internacional da marca. O evento reuniu cerca de meia centena de jornalistas europeus interessados em conhecer as novas soluções da empresa para a transformação digital da Indústria 4.0.

foto

O ritmo elevado e contínuo da evolução tecnológica obriga a indústria a desenvolver soluções flexíveis que se adaptem às mudanças em curso. Enquanto fornecedor global de soluções de automação, a Festo conta com a digitalização e a inteligência artificial (IA) para gerir e controlar a complexidade dos processos, e com soluções informáticas que vão da engenharia à gestão e manutenção de uma fábrica, passando pela simulação e configuração de processos.

A digitalização permite criar imagens virtuais de máquinas, equipamentos e fluxos de valor para reproduzir processos, parametrizações e configurações, poupando tempo e dinheiro. “A lista de soluções digitais da Festo está cada vez mais completa, o que ajuda os fabricantes de máquinas e as fábricas, bem como as empresas utilizadoras a iniciar-se no mundo digital”, explica Michael Hoffmeister, Digital Business Executive da Festo.

foto
O evento Internacional Festo Press Conference acontece todos os anos numa filial diferente da empresa. Em 2019, Barcelona foi a cidade escolhida.

No que diz respeito à inteligência artificial, atualmente, a Festo concentra os seus esforços nas avaliações de IA ‘on edge’, diretamente nos componentes, e ‘on premise’, dentro de uma rede de produção, o que economiza custos, garante avaliações em tempo real e evita paragens. “A IA, especialmente a aprendizagem mecânica com deteção de falhas, ajudará a reduzir custos no futuro”, disse Oliver Jung, presidente do Conselho de Administração da Festo AG, durante o seu discurso. É por isso que a IA Resolto Informatik GmbH faz parte da Festo desde 2018. Os dados são interpretados no local, ao pé da máquina, o que permite poupar energia, encurtar os tempos de ciclo e reduzir o número de falhas da máquina e da produção. “A análise de dados e a inteligência artificial terão uma grande influência na gama de produtos da Festo, por exemplo, incorporando algoritmos de inteligência artificial tanto na nuvem como diretamente nos componentes Festo”, afirmou Tanja Maaß, gerente da Resolto.

foto
Oliver Jung, presidente do Conselho de Administração da Festo AG, durante o seu discurso.

Monitorização na nuvem

A solução de software ‘Projects’ permite aos utilizadores coordenar os seus projetos de automação, assim como os componentes, de forma fácil e centralizada ao longo de todo o ciclo de vida do produto. O software disponibiliza, de forma rápida e clara, dados específicos para a configuração do produto. Os componentes utilizados são dispostos de forma intuitiva e clara, de acordo com as relações entre o sistema de controlo, o fieldbus e os componentes. Além disso, o programa facilita a colaboração, já que “os utilizadores podem convidar, por correio eletrónico, outros participantes para colaborar no seu projeto”, disse Hoffmeister.

Do planeamento à operação: com os painéis de instrumentos da Festo e o gateway CPX-IOT (que recolhe informação e dados sobre os dispositivos Festo e os respetivos estados através de uma interface) é possível visualizar o estado dos componentes. Os painéis de instrumentos da Festo oferecem uma representação visual clara dos valores transferidos para a nuvem de cada componente. Isto permite aos operadores da fábrica detetar irregularidades em tempo útil e tomar as medidas necessárias antes que uma falha ocorra. Os painéis de instrumentos pré-configurados da Festo não requerem programação adicional e os dados estão disponíveis em todo o mundo, melhorando assim a transparência operacional para operadores e diretores de produção.

O gateway CPX-IOT da Festo permite aos fabricantes monitorizar as suas máquinas e sistemas a nível de campo. O componente de software ScraiField torna possível a comunicação com o nível de campo, que trabalha sempre ao pé da máquina num pequeno sistema de controlo. É utilizado um modelo pré-programado que requer requisitos mínimos de hardware e interpreta de forma confiável os fluxos de dados, mesmo sem qualquer conexão com o componente central localizado na nuvem. Se necessário, o gateway IoT conecta-se à nuvem, na qual estão localizados os painéis de instrumentos da Festo e onde está integrado o componente central com acesso a modelos de aplicação pré-configurados.

foto
O software Smartenance é um gestor de manutenção digital e móvel para chefes de produção e operadores de instalações que elimina os processos burocráticos.

Gestão inteligente da manutenção

A manutenção preventiva é um processo moroso que muitas vezes ainda é feito de forma manual. O software Smartenance da Festo, disponível para download como aplicação móvel, é um gestor de manutenção digital para chefes de produção e operadores de fábrica, que elimina a necessidade de preencher documentos em papel. Este software permite ao cliente final planear, monitorizar e avaliar a manutenção da fábrica, tornando-a mais fácil, mais rápida e mais segura. Além disso, a verificação recíproca dos operadores e chefes de produção proporciona maior segurança.

A IA na robótica pneumática

A BionicSoftHand, inspirada na mão humana, é operada pneumaticamente para que possa interagir de forma segura e direta com as pessoas. Os seus dedos são formados por estruturas flexíveis de fole com câmaras de ar, cobertas por um revestimento têxtil especial em 3D, tecidos com fios elásticos e altamente resistentes. Desta forma é possível, através do tecido, determinar em que pontos a estrutura se estende e em quais se evita a sua expansão. Isto torna a mão leve, flexível, adaptável e capaz de pressionar com força ao mesmo tempo. A cobertura dos dedos em silicone fornece BionicSoftHand um toque ‘humano’.

Os métodos de aprendizagem das máquinas são similares aos humanos. A BionicSoftHand, apresentada na conferência por Karoline von Häfen, responsável pelos projetos Bionic na Festo, utiliza o método de aprendizagem por reforço. Isto significa que, em vez de ser dada uma ação concreta para imitar, a mão só recebe um objetivo predeterminado, que tenta alcançar através de um processo de tentativa e erro. Com base nas respostas que obtém, otimiza gradualmente as suas ações até finalmente conseguir realizar a tarefa corretamente.

foto

Xavier Segura, diretor geral da Festo Espanha e Portugal, com a BionicSoftHand, durante a conferência de imprensa.

Sobre a Festo

A Festo é um fornecedor global de soluções de automação com tecnologia pneumática, eletrónica e de redes para todos os tipos de processos e atividades industriais.

O seu principal objetivo é alcançar a máxima produtividade e competitividade para os seus clientes na automação de fábricas e processos de fabricação. Em Portugal, a Festo está localizada no Porto e conta com uma equipa de 15 profissionais apioada pela estrutura da filial espanhola, o que permite uma maior cobertura do mercado nacional.

Empresas o entidades relacionadas

Festo Automation, S.A.U.
Festool Spain, S.L.U.

Comentarios al artículo/noticia

Nuevo comentario

Atención

Los comentarios son la opinión de los usuarios y no la del portal. No se admiten comentarios insultantes, racistas o contrarios a las leyes vigentes. No se publicarán comentarios que no tengan relación con la noticia/artículo, o que no cumplan con el Aviso legal y la Política de Protección de Datos.

Advertencias Legales e Información básica sobre Protección de Datos Personales:
Responsable del Tratamiento de sus datos Personales: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Gestionar el contacto con Ud. Conservación: Conservaremos sus datos mientras dure la relación con Ud., seguidamente se guardarán, debidamente bloqueados. Derechos: Puede ejercer los derechos de acceso, rectificación, supresión y portabilidad y los de limitación u oposición al tratamiento, y contactar con el DPD por medio de lopd@interempresas.net. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar una reclamación ante la AEPD.